Ponte Hercílio Luz vista do continente. Foto: panoramio.com
Floripa combina com sol, mesmo que não esteja muito calor. Com sol e céu azul a beleza natural daqui fica esplendorosa, o mar com cores incríveis e os morros mais verdinhos. Mas e quando chove? O que fazer nessa cidade? Muitos turistas azarados devem pensar muito nisso quando olham pela janela da pousada e vêem o céu cinzento, nublado e chuvoso. E, claro, não apenas turistas, mas nós que aqui moramos também nos perguntamos isso quando chove em pleno final de semana! 

Então, o que fazer em Floripa em dias de chuva?

Café na Lagoa da Conceição... mas nesse dia, pelo visto, não estava chovendo. Foto: DC.
- Cafés: É sempre uma opção um café legal em um dia chuvoso. Na Lagoa, tem o Sintonia e o Café Cultura. A gente prefere o Sintonia que é mais vazio e tranqüilo, mas se você gosta de um lugar mais cheio de gente e com movimento é melhor ir ao Café Cultura ou no Empório Mineiro, no Shopping Via Lagoa. Outra dica, mas talvez mais molhada pois esse café é aberto (tem umas três mesinhas que ficam em área coberta), é o café do Mirante do Ponto de Vista com vista para a Lagoa da Conceição. As confeitarias Chuvisco também são uma boa opção para um café, tem uma bem legal na Beira Mar Norte.

Florianópolis com chuva e vento. Foto:Emerson Souza
- Comer, comer, comer: Aproveite que está chovendo e vá comer as deliciosas comidas manezinhas, peixe com pirão é bom demais. Para comer um peixinho escolha algum restaurante perto das praias. Se você estiver no Sul da Ilha, coma no Pântano do Sul. Uma dica legal é o Bar do Vadinho, comida manezinha de primeira, com uma vista linda para o mar. Se você estiver no Norte da Ilha, coma na Ponta das Canas. Um lugar que gostamos lá é o Ocean House, que também tem uma vista linda do mar e comida bem temperada. Na Lagoa tem vários restaurantes que servem peixe com pirão, uma opções legal é  a Casa do Chico.

Mesa do Café Colonial do Hotel Engenho Eco Park. Foto: Sortimentos.com
- Café Colonial: Chuva me lembra comida e quando a chuva vem acompanhada de um friozinho, aí me lembra ainda mais comida! Um programa legal para uma tarde chuvosa de sábado é se acabar em um café colonial. Bem, café colonial não é típico daqui do litoral, é algo comum nas regiões serranas e também no Rio Grande do Sul, onde teve colonização alemã. Aqui na Ilha conhecemos o café colonial do Hotel Engenho Eco Park, muito delicioso e bem servido, com diversas opções de doces, tortas, bolos, pães, sopa, bebidas e todas aquelas comidas. Além da comida gostosa, o lugar é bonito externa... ah esqueci que está chovendo e você não vai poder passear na enorme área verde deles. Hehehehe. Antes de ir, dê uma ligadinha para confirmar se estão servindo o café colonial.

Ostras ao bafo. Foto: site do chef Heiko Grabolle
- Comer ostras e passear em Santo Antônio de Lisboa ou Sambaqui: Santo Antônio é um bairro bem pitoresco, lá você pode ver artesanato em algumas lojas, como a Casa Açoriana. Atrás da Casa Açoriana, tem um café e restaurante, o Santo Antônio Spaghetteria Caffe. Se você gosta ou quer experimentar ostras, aproveite a chuva para comer mais! Ali em Santo Antônio tem o Freguesia Bar, que além das ostras deliciosas tem uma bela vista o mar. Dali de Santo Antônio de Lisboa para chegar em Sambaqui é um pulinho... na verdade, é no fim da rua/estrada, basta seguir as placas para Sambaqui, é impossível se perder ali. Bem, em Sambaqui você poderá achar outros lugares para comer ostras, tem vários e quase todos de frente para o mar.


- Paradigma Cine Arte: Esse é um cinema pequeno e alternativo daqui da Ilha. Os filmes que passam lá não estão no circuito comercial, são sempre filmes de boa qualidade e interessantes. Os filmes ficam em cartaz por pouco tempo, um final de semana no máximo, então é bom dar uma consultada na programação deles. O espaço é bem pequeno, mas bem legal. O Cine Paradigma fica dentro do Corporate Park, na SC 401 (estrada que liga o centro ao norte da Ilha). No Corporate Park tem uns dois cafés para antes ou depois do filme.


Não, esse shopping não é em Floripa... mas se fosse aqui e estivesse chovendo estaria assim. Foto: allyou.com
- Shoppings: Bem, se eu fosse você não iria aos shoppings da Ilha em dias chuvosos... todo mundo teve essa mesma idéia antes. Com certeza, os três shoppings da Ilha (Beira Mar, Iguatemi e Floripa Shopping) estarão abarrotados de gente e você só vai se estressar. Cinema em shopping? Em dia de chuva?! hahahaha desista. Ah, ia esquecendo mais um motivo para você desistir dos shoppings... os estacionamentos lotados. 


Na quarta-feira, dia 30 de março, ocorrerá no Teatro Álvaro de Carvalho (TAC) o "Concerto pelo Japão", organizado pela comunidade nipo-brasileira de Florianópolis em prol das vítimas do terremoto e tsunami que atingiram o Japão em 11 de março.
Todo o dinheiro arrecadado com o valor dos ingressos serão doados para a Cruz Vermelha, que possui conta destinada às vítimas do desastre.

O concerto terá apresentações de Masami Ganev (soprano do Japão residente em Florianópolis), Alberto Heller (piano), Polyphonia Khoros (coro) e de solistas da Camerata Florianópolis: Oliver Yatsugafu (violino), Waleska Sieczkowska (violino), Natasha Sieczkowska (viola) e Anderson Fiorelli (violoncelo).

Compareça e ajude o Japão!


Quando: 30 de março, às 20:00
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), Rua Marechal Guilherme, 26, Centro, Florianópolis
Quanto: R$ 30 (inteira); R$ 15 (meia)

Hoje é aniversário de nossa linda cidade! Parabéns Florianópolis pelos 285 anos!!!

Ponte Hercílio Luz. Foto: Armando Vernaglia Jr. , no site e blog do fotógrafo.

Soube dessa campanha pelo blog da Paula, o Chez Popi, e então logo quis que nosso
blog também entrasse nessa grande corrente de solidariedade pelo Japão.

Hoje, 18 de março, completa uma semana do terremoto e tsunami que o povo japonês sofreu. Além das milhares de vidas que se perderam, das casas destruídas, da falta de luz, comida, combustível e aquecimento, o pesadelo de um desastre nuclear ronda novamente o país. O Japão precisa de ajuda. Por isso, muitos blogueiros de todo mundo resolveram fazer desse dia um dia de silêncio virtual para arrecadar fundos para ajudar o Japão.


Esta é a página da iniciativa da campanha: http://www.forjapanwithlove.com/ . Dentro dela tem a opção "click here to donate" (clique aqui para doar), onde é possível fazer uma doação em dólar em qualquer valor por meio de cartão de crédito. A entidade que está recebendo as doações é a ONG Shelter Box, que é especializada em ajudar pessoas em situações de desastres naturais. Com o dinheiro arrecadado, a Shelter Box vai enviar para aos japoneses que estão desalojados, as caixas-abrigo (shelter box) que são kits com barraca, cama, kit de primeiros socorros, equipamentos de cozinha, equipamento de purificação de água, ferramentas básicas e outros itens essenciais para quem perdeu tudo. 

Se você é blogueir@ e está lendo isso aqui, divulgue também a campanha em seu blog colando o selo e fornecendo as informações sobre a doação. Se quiser, pode copiar o texto daqui.

Vai um risotinho aí? Foto: guiemi.blogspot.com

Risotos são sempre uma delícia e não precisa de muita coisa dentro deles para ficarem gostosos. O legal de servir risoto é que não precisa também fazer um monte de acompanhamentos, basta uma salada legal e pronto! Bem, pode ser que para quem coma carne um bife seja uma boa pedida, mas não é o caso aqui hehehehe!
Esse risoto aí de cima é de shiitake desidratado, que é bem fácil de se achar pelos mercados ou em lojinhas japonesas. A salada verde com gorgonzola e manga com molho de mostarda acompanhou bem, além de um vinho, é claro!

Risoto de Shiitake
- Em uma panela, coloque colheres de manteiga e deixe derreter. Acrescente cebola bem picada e deixe dourar.
- Coloque o arroz arbóreo (tem que ser italiano de verdade!) e frite-o nessa manteiga até ele ficar um pouco incolor. 
- Acrescente vinho para cobrir o arroz e deixe secar.
- Coloque aos poucos um caldo de legumes e mexa com cuidado.
- Quando o arroz estiver quase cozido, acrescente o shiitake já hidratado e cortado em pequenos pedaços. Mexa mais um pouco.
- Finalize acrescentando mais uma colher de manteiga e queijo parmesão.

Praia de Palmas vista do alto do morro. Foto: guiemi.blogspot.com

Existem muitas praias bonitas perto de Florianópolis e nem precisa ficar muito tempo na estrada para chegar até elas. Um exemplo são as praias de Governador Celso Ramos, distante apenas 43 km de Floripa. Outro dia, resolvemos sair da Ilha e dar umas voltas por lá. De carro dá para ir parando em várias delas, como é possível ver no mapa abaixo. 


Governador Celso Ramos possui várias praias e todas muito lindas. A sua localização é realmente privilegiada, pois encontra-se em meio as Áreas de Proteção Ambiental (APP) da Baleia-Franca e de Anhatomirim, onde golfinhos se reproduzem e vivem.

No almoço, fizemos uma parada em um restaurante que nos conquistou pela simpatia do pessoal e pelo tempero da comida, além de uma pimenta que eles serviam, feita ali mesmo pela sogra do proprietário. Inclusive, depois de elogiar tanto a pimenta para os donos, estes resolveram nos presentear com um potinho da ardida! O lugar chama Restaurante Mar à Vista, fica na estrada geral dos Ganchos (subida do Morros de Palmas). Provamos um delicioso peixe à escabeche que acompanhava arroz, fritas, salada e pirão (R$42 serve dois e até 3!). 

Mapa de praias de Governador Celso Ramos. Fonte: google.com

Outra foto da Praia de Palmas vista do alto de um morro... pena que o dia estava nublado. Foto: guiemi.blogspot.com

Praia de Ganchos de Fora. Foto: guiemi.blogspot.com

Praia de Ganchos de Fora. Foto: guiemi.blogspot.com

Peixe à Escabeche do Restaurante Mar à Vista. Foto: guiemi.blogspot.com

Vista do Restaurante "Mar à Vista". Foto: guiemi.blogspot.com

Praia de Ganchos de Fora com sol! Olha a cora dessa água! Foto: www.pontadosganchos.com.br

Sobre este blog

Sejam bem vindos ao nosso blog!



Aqui escrevemos sobre nossa cidade, Florianópolis. De vez em quando também falamos de outras cidades da nossa Bela e Santa Catarina. E (quando não temos muito preguiça) publicamos fotos e receitas!

Pesquisar

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem somos nós

Minha foto
Florianópolis, SC, Brazil